Páginas

sábado, 23 de abril de 2011

Trigésima Segunda Carta: Compaixão com quem sofre.

"Peço a compreensão que você não possui, a compreensão suficiente que te faça perceber que eu sofro por tudo isso. Você já foi abandonada, ignorada, cuspida, maltratada, ridicularizada... Você já sofreu. Então te peço compaixão para quem sofre como você já sofreu um dia."

Cartas Diretas, obrigado.
Postar um comentário