Páginas

sábado, 9 de novembro de 2013

Septuagésima Quinta Carta: Esses olhos precisam de você...

"Já se perguntou que toda proteção é essa? Já espiou pela brecha dos meus escudos para ver o mundo lá fora? Há mais lobos vestidos de carneiros do que leões lutando pelas causas justas. E de tudo que eu poderia dizer, você já sabe o resumo da história: quando eu falhar e você cair, ninguém mais restará para te ajudar além de mim. Porque eu prometi te proteger - de mim, de você e de qualquer mal que tente contra meus escudos. Eu não vou deixar você cair, porque ao mesmo tempo que eu ergo meus escudos para nossa proteção, estou protegendo seus problemas, porque você tem o peso no ombro de segurar os meus, de prezar por eles. Você é a única que me mantem vivo, então não se afaste da barreira, não vá longe achando que conhece os carneiros. Se parece quente dentro da proteção, se parece que os escudos estão altos demais, te impedindo de ver o mundo, confie em mim, confie na minha proteção e no que eu te digo - apenas olhe nos meus olhos, e eu te asseguro, meu amor, que farei de tudo e darei a última gota da minha vida para fazê-la ver a beleza das coisas certas nos reflexos dos meus olhos vivos.

Mas esses olhos precisam de você..."

Cartas Diretas,
obrigado.
Postar um comentário