Páginas

terça-feira, 29 de março de 2011

Décima Primeira Carta: Tempo.

"Quando o mundo estiver acabando, todos os sentimentos fugiram de você para se salvarem. Só o Amor restará. O Amor ficará naquele fim, esperando. A Riqueza não virá para salvar o Amor pois se encarregará de cuidar do ouro que adquiriu com o Tempo. A Vaidade não virá para salvar o Amor pois se encarregará de cuidar com Tempo do seu próprio bem-estar. A Tristeza não virá para salvar o Amor pois se encarregará de ficar sozinha no Tempo. A Alegria não virá para salvar o Amor pois se encarregará de sorrir o Tempo todo. Mas um velho virá salvar o Amor: lhe oferecerá refúgio, sustento, salvação e entendimento. Aí, quando o Amor estiver curado, esse velho irá embora... Será aí que o Amor perceberá que quem lhe salvou foi o Tempo, pois só o Tempo terá Tempo para o Amor, e só ele fará nascer, entender, salvar e crescer o Amor."

Cartas Diretas, obrigado.
Postar um comentário